Menu

31 3833-5202 | 31 3333-5149

Notícias

Alunos do Parlamento Jovem se reúnem para Plenária Regional

 

Nessa terça-feira, 15, os alunos do Polo Metropolitano II do Parlamento Jovem Minas se reuniram na cidade de João Monlevade para a Plenária Regional do projeto. No encontro, os estudantes das cidades de São Gonçalo do Rio Abaixo, João Monlevade, Itabira, Catas Altas, Conceição do Mato Dentro e Sabinópolis discutiram e aprovaram 6 propostas que serão levadas a Plenária Estadual em Belo Horizonte entre os dias 19 e 21 de setembro.

Este ano, o tema trabalhado pelo PJ é “Violência contra a Mulher”, dividido em 3 subtemas: Violência Doméstica e Familiar; Violência nos espaços institucionais do Poder e Violência e Assédio Sexual.

Durante o primeiro semestre os jovens se reuniram para discutir o tema e participaram de trabalhos de grupo, palestras, dinâmicas entre outros. Cada cidade realizou sua plenária com o objetivo de votar as melhores propostas. Depois, juntos, os jovens priorizaram 6 matérias escolhidas na plenária dessa terça.

O Parlamento Jovem é um programa de formação política, desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas, voltado aos estudantes do ensino médio dos municípios mineiros. Além de estimular os jovens ao interesse pela politica, o PJ proporciona aos alunos a oportunidade de conhecer melhor a política e os instrumentos de participação no poder legislativo municipal e estadual.

Ao final da plenária os estudantes escolheram um tema para levar a votação na Plenária Estadual. O assunto escolhido pelos jovens foi “Racismo e suas implicações na sociedade contemporânea”.

 

Propostas priorizadas

As 6 propostas escolhidas pelos estudantes e que irão compor o documento do Polo Metropolitano II são:

SUBTEMA 1 - Violência Doméstica e Familiar

- Implantação de palestras e campanhas itinerantes que atenderiam as zonas rurais e urbanas, com o intuito de conscientizar a importância da formalização de denúncias em casos de violência doméstica.

- Criação do Fundo Estadual dos Direitos das Mulheres a fim de custear projetos em âmbito municipal e estadual relacionados à prevenção e reparação da violência doméstica e familiar;

 

SUBTEMA 2 - Violência nos espaços institucionais do Poder

-  Concessão de incentivos fiscais às empresas que tenham o Selo “Empresa Amiga da Mulher”: o título será conferido às empresas que contribuírem com ações e projetos em favor da valorização da mulher tais como o desenvolvimento de programas de incentivo, auxílio, apoio e capacitação profissional;

- Criação de um projeto (Empresa sem abuso), que promova a identificação de sinais que denunciem agressão, facilitada pelo convívio no ambiente de trabalho, sendo o projeto incentivado por benefícios fiscais às empresas que a ele aderirem.

 

SUBTEMA 3 - Violência e Assédio Sexual

- Oferecer redução fiscal a empresas que instaurem e mantenham abrigos voltados ao acolhimento de mulheres vítimas de violência;

- Elaboração de políticas públicas e projetos custeados pelo governo cujo objetivo seja a recuperação e reintegração dos autores de violências de gênero por meio da conscientização e realização de atividades que abordem de forma reflexiva a importância da igualdade, tolerância e respeito, bem como a orientação psicológica em conjunto com secretarias estaduais adequadas.

 

RUA HENRIQUETA RUBIM, 280, BAIRRO NITERÓI
SÃO GONÇALO DO RIO ABAIXO | 31 - 3833 5202

FALE CONOSCO | WEBMAIL
© 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS